30 junho 2006

Derrota em branco e preto

Grande ironia o mesmo Ayala que fez o gol argentino acabar, nos pênaltis, botando a bola nas mãos de Lehmann, o goleiro alemão.
A Argentina quebrou o salto e volta pra casa com a mesma arrogância de sempre: entra Copa e sai Copa cantando de galo.
Mas só se fodem.
Desta vez, em branco e preto.