05 julho 2006

Morada do diabo

Ainda me impressiona a resistência ao uso das novas tecnologias. Volta e meia encontro amigos que me repreendem por eu gastar tempo no orkut ou no blog. Eles não entendem qual o objetivo que há nessa interação e ressaltam sempre o sentido de perda.

Não vou entrar no mérito acadêmico das pesquisas feitas na área, e são muitas, mas de forma banal e prática eu resumiria o que busco: ócio criativo.

Domenico di Masi, o sociólogo italiano que cunhou essa expressão, postula que o ócio é vital para o desenvolvimento do homem. Afastar-se do trabalho e dedicar mais tempo ao “nada” é tão ou mais importante quanto ralar o dia todo. O problema é que, pela nossa cultura, só depois de 20 horas diárias de labuta pesada alguém pode ser considerado produtivo. Quem trabalha 18 é preguiçoso, e 12, vagabundo. Tremendo vagabundo.

O ócio é tratado como um pecado que deve ser banido da face da terra. Não leva a nada, não produz, não acrescenta. Como diz o pouco repressor ditado, “cabeça vazia é morada do diabo”.

Pois que o diabo se instale na minha cabeça e vire tudo de patas pro ar. Passar horas no orkut, interagir, descobrir pessoas interessantes do outro lado do mundo ou na rua atrás da minha, conhecer novas culturas através de quem chega ao blog são prazeres que não abro mão. E também falar besteira, muita besteira.

Já ouvi que isso é um comportamento de criança, que fica ensimesmada em um universo onírico. Que seja. Faço aquilo que me deixa feliz e tenho a sorte de achar quem pensa igual.

Ainda não consegui estipular um preço possível de ser pago pra eu me sujeitar a uma visão de mundo limitadora e estreita, mas meu ócio vale milhões - de euros, é claro. Porque se é pra sonhar, que seja grande.

11 comentários:

Rick disse...

Ah, mas com certeza!

Thelma disse...

Completamente de acordo!!!! Tu és meu ídolo! Beijos saudosos.

Graziana disse...

Tenho alguns amigos que também não entendem porque eu perco tanto tempo na frente do computador...
Concordo com o que vc escreveu o
ócio criativo é necessário...
Fora que é muito bom gastar horas se divertindo na internet!
;)

Que chita bacana! disse...

ta ai, agora eu sei, sou praticante do 'ocio criativo'. ate porque como ja disse um amigo poeta: "to perdendo a pressa com uma velocidade incrivel".
um cheiro.

Ana disse...

Yesssss! Maior apoio!

Rosa disse...

Apoiado!!!

Sean Hagen disse...

*


RICK, GRAZI, ANA, ROSA,
algo me dizia que teria apoio nessa.
por que será?
[:D]

THELMA,
ser ídolo requer postura.
sorry, baby, mas isso é tudo o que não tenho.
e pára de me enrolar e vai atualizar teu blog.
quero saber da viagem.

FABIANA
a máxima do teu amigo se encaixa com precisão em mim.
e cada vez isso é mais forte.



*

marcia disse...

eu vou apanhar, eu sei... mas, por que ficar se explicando?
os outros que se danem, os incomodados que se retirem.

quando alguém me repreende pelo uso do MEU TEMPO e diz "ah, não sei como tu consegue passar tanto tempo naquela besteira de orkut, tu não tem mais o que fazer?", eu imediatamente a coloco no seu lugarzinho mequetrefe, porque na minha vida mando eu.

explicação é pra porteiro, baby.

e danem-se os chatinhos de plantão.

Sean Hagen disse...

*


note bem, cara pinta, que aqui falo com os meus 'iguais', não com os que não entram em blogs ou orkut por ser fútil.

ou seja, isso não é explicação, mas um comentário sobre o ambiente em que vivemos.

pros que não gostam, meu dedo anular levantado e minha cara azeda habitual dizem tudo.

e o que vc tá fazendo aqui enquanto tem tanto trabalho pra fazer, hein?
:o)


*

marcia disse...

vim te dar o meu melhor piuzinho.
o que não precisa ser explicado, claro.

:)

Thelma disse...

Desapareceste. Tás lendo/praticando Domenico di Masi?