24 dezembro 2006

Papai Noel existe?
- explicações derradeiras-

Quanto mico alguém pode pagar tentando provar uma teoria?


A minha pergunta foi respondida com outra: “você acha realmente que ele existe?”. Eu não deveria ter mais do que cinco anos, e era o mais jovem de uma trupe de oito irmãos e primos. Lembro de entrar esbaforido no quarto da minha mãe pra botar a história a limpo, já que eu estava sendo incessantemente massacrado a pouco menos de uma hora da chegada do tal velhinho.

Peguei-a na boca da botija, tirando presentes do armário. Provavelmente a resposta que ganhei veio da surpresa de ter sido descoberta, ou da falta de imaginação. Nunca pensei que o inimigo estivesse na trincheira, mas confesso que não sei se fiquei mais abalado pela perda do sonho ou por dar o braço a torcer quando retornasse pra sala.

Quem estiver com peninha de mim, pode mandar um presente, não se acanhe. Menos a Rosa, que já mandou, de Santa Maria, uma primorosa caixa de bombons feitos por ela, carregados de sabor e carinho. E detalhe: a caixa é toda estampada com fotos minhas e de amigos do Orkut. Fiquei de queixão caído imaginando quanto tempo ela levou pra planejar e fazer isso. É o tipo de sentimento que falta palavras pra agradecer.

Por gestos como o da Rosa é que ainda creio que a magia do Natal existe. Nem que seja pra abraçar alguém que você está estremecido ou pra dizer o quanto as pessoas fazem diferença na sua vida. Na minha, muitas fazem. E você que está lendo esse texto, pode ter certeza que está incluído. Porque cada um toca no outro e age como um agente de transformação, mesmo que nada diga ou nada faça.

Saber que o outro existe talvez seja o verdadeiro sentido do Natal.

32 comentários:

Suely disse...

que beleza! Eu também sou a mais nova da família e foi um baita trauma descobrir que todo mundo tinha mentido para mim sobre a existência do Noel :( Só bem mais tarde aprendi que o que importa mesmo são os amigos. Como agora eu estou convencida disso, fico xarope ao desejar feliz natal para aqueles como você, pra quem desejo que pelo menos esta noite tenham muito de tudo o que gostam - e com uma cereja em cima!

Graziana disse...

Eu sempre desconfiei que papai noel existia, quando descobri que era meu dindo que se vestia como o bom velinho, não fiquei decepcionada, ele sempre foi uma pessoa tão especial, que fiquei muito feliz em saber que sempre fora ele que me fazia aquelas surpresas lindas a cada natal!

Este natal pra mim voltou a ter o mesmo sabor dos outros tempos, tem acontecido tantas coisas lindas na minha vida e da família, que parece que tudo voltou a se encaixar, ser como antes.

Desejo mais uma vez Feliz Natal, muito obrigada por sua amizade, não preciso repetir que voce é uma pessoa super especial né, já sabes :)

fiquei curiosa pra ver a caixa, que super ideia, ainda mais recheada de chocolates!
publica uma foto dela no blog...
adorei voce de papai noel, maior estilo hein :)
beijos querido!

Rosamaria disse...

Cosquirídia, não precisa agradecer.

Fiz com muito carinho pra vcs, meus amigos que estão comigo todos os dias. Este ano foi muito difícil pra mim, vcs foram a minha alegria e fizeram diferença na minha vida. Quem tem que agradecer sou eu.

Fiz para os meus filhos e como te adotei...

Bjão.

Nana disse...

Se ele existe eu não sei, mas foi o espírito natalino que fez eu entrar aqui e te mandar um grande beijo e dizer que ficas muito bem de Papai...Muitos beijos e muitas rabanadas sem Peru.

Lila disse...

AHAHAHHAHAHHAHAHAHHAHAAHHAHAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHHAHAHAHA

péra. NÃO TÁ DANDO. ahahahhahahahhahahah

lila disse...

ah sim, pagando de gatinho sem camisa, né?

sei lá, tá calor demais pra ser profunda. *ui*

Sean Hagen disse...

*


SUELY
tive.
:D


GRAZI
mostrar-te-ei, pode deixar.
mas no blog da ana tem uma amostra.


ROSA
vc é um doce!


NANA
sua cachorra! que falta vc faz por aqui.


LILA
como assim 'não tá dando'?
natal é época de dar, e muito.
é o que se define como 'fraternidade'.
vc anda muito egoísta.


LILINHA
pagar de 'gatinho sem camisa', só se for pra terceira idade.
e como osso não cria dobra de catupiri, desvelei 1/3 dos meu ombro esquerdo.
uau, que loucura.
acho que tô ficando um velho assanhado.
perigo.



*

lila disse...

ahahahahhahahha e eu não disse não TOU danda. Pequena diferença que muda todo o significado.

Foi o suficiente pra saber que você tá sem camisa, dimples. Valeu, Humbert Humbert. fmz.

Sean Hagen disse...

*


e cadê minha lolita, lila?



*

lila disse...

aaaaaaaah, então é isso que você quer de natal?

demorou, vou entrevistar interessadas. porque eu mega já passei da idade cronológica de lolitas. porque mentalmente eu ainda nem cheguei lá. =P

depois coloco a mocinha num vôo pra Porto Alegre, pode ser?

Sean Hagen disse...

*


quem me chamou de humert humbert foi vc.
aceitei como parte de ser um velho assanhado.

já passou, é?
não tinha percebido não.



*

Vini disse...

Tá, tá, tá... concordo... mas precisava tirar a foto sem camisa rapá?

lila disse...

o que colocaram na tua água hoje, sean hagen?

lila disse...

ah, sim, eu não tinha visto a tua pergunta lá em mi casa: sim, é.

fernanda disse...

que amor essa história de criança. bom... eu acho melhor todo mundo acreditar em Papai Noel, ele me deu uma baita presentão e eu tava em casa dormindo, achei que ele só existisse na infancia, pois bem, outra criança pegou meu presente. Bem feito pra mim, quem mandou eu não acreditar né!

marcia disse...

que pomponzão.

ederson disse...

meu irmão tem 6 anos, meu primo tem 5.

meu irmão ficou dizendo pro meu primo: "eu não acredito em papai noel, papai noel não existe", daí o mais novo respondeu: "eu também não acredito, mas só às vezes. às vezes eu acredito".

Meu irmão pensou um pouco e disse "ah, um dia tu acredita e no outro não? assim é mais legal."

Anônimo disse...

jemt.... vc paga a lila pra fazer arruaça no seu blogue?

pq eu adoro!

klo

lila disse...

e eu preciso de alguma coisa pra fazer arruaça, klô? parece que não me conhece, eu hein. =P

Anônimo disse...

vc deveria cobrar!


klo

Sean Hagen disse...

*


MARCOS, MEU FILÓSOFO
queimei tuas retinas?
espera pra ver a que fiz de tanga dançando a maracena.
essa sim vai ser especial.


FERNANDA
que criança trombadinha é essa?
vamos chamar a febem!


MARCIA
imagina se fossem dois!


EDERSON
encaminha o teu irmão pro marketing.
esse guri tem visão.


KLÔ
qualé a tua?
vai estorquir dinheiro do pobre velhinho agora?
que maldade.
como se já não bastasse as malediscências que a lolilaita faz.



*

lila disse...

maledicências? JEMT!

Sean Hagen disse...

*


LILA
mas note que é uma maledicência especial: tem até um S no meio!


*

lolila disse...

Logo eu que sou tão boazud... digo, boazinha.

Tá, chega. usando a mente para o bem, usando a mente para o bem, usando a mente para o bem.

Sean Hagen disse...

*


corra para a luz, carolyne, a luz.
a luz vermelha!

huáhuáhuáhuáhuáhuáhuá

*

lolila?


*

lila disse...

uai, e não foi você quem começou com isso, xôn? eu ein.

Sean Hagen disse...

*



huáhuáhuáhuáhuáhuá

quem não te conhece que te compre, lolila!
:p



*

Lila disse...

depois EU que fico maldizendo os outros. olha só.

Sean Hagen disse...

*


olho pra onde?
meus zóio só vêem um biquininho rosa-choque.



*

lila disse...

lavanda, fafavô.

tá abusado ein. =P

Ana disse...

Depois daquela série de Papais Noel (oi Papai Noéis ou sei lá) indecentes tu colocas esta foto Papai-Noel-Sexy-Xôn de óculos escuros, é??

Linkei teu post! Adorei tua descrição do presente da Rosa! (E a Pinta tá nos chamando de bocudos...)

Beijosss!

Srta.T disse...

q