23 março 2007

Bom dia, Bagdá

6h50 da manhã.
Meu bofes são impelidos pra fora da boca pela adrenalina que toma conta do meu corpo.
Em algum lugar dentro do meu quarto, alguma coisa explode.
Um som agudo e insistente toma conta do espaço, e vozes excitadas gritam por todo lado.
Estarei em Bagdá?, minha mente se questiona, por milésimos longos segundos.
Pulo da cama e corro pra janela.
Enrolado num pedaço da cortina – que é pra não virar chacota na vizinhança com a exposição das minhas partes pudentas – vejo um guri vestido de pedreiro e um homem vestido de empresário de pedreiro, os dois na cobertura ao lado do meu apartamento.
Um empunha uma marreta, o outro uma furadeira.
Um trabalha, o outro administra.
Os dois gritam.
Grito eu também – azedo como maracujá verde.
- Gostei do barulho. Pode fazer mais alto?
- Barulho? O senhor achou?
- Às dez pras sete da manhã, acho barulho demais.
- Imagina, são 7h10 agora, já é tarde.
- Agora, mas começou antes - fico mais azedo ainda com a gracinha -. Poderia ser 7h50, amigão, mas o respeito pede que você não incomode as pessoas até às 8h. Além do que, sou eu quem decido quando quero acordar. É possível?
- Áh, moço, viemos de longe pra fazer isso.
- Amanhã eu não vou acordar com vocês botando o mundo abaixo.
- Não se preocupa, já vai terminar.

Gosto de gente de palavra.
Uma hora e meia depois, quando eu já tava arranhando os azulejos do banheiro, a bateção cessou.
O dia começou bem com a confirmação da minha crença na humanidade.

21 comentários:

Maitê disse...

Na verdade nós dois estamos enganados. Laura Dern é a grande musa do Lynch. ELa e a mãe dela.

Falando nisso, vc não imagina o que era minha vida quando minha irmã morava perto do Multipalco. Era uma barulheira do inferno!

Abs

Luís Galego disse...

O dia começou bem com a confirmação da minha crença na humanidade.


este post é um apontamento de humor...não deixa de ser....situação que se passa em qualquer lado do mundo. Não é que eu vivia num sitio calmo, de vivendas, etc - e agora compatriotas seus forma viver para uma vivenda em frente (muitos) e colocam bem cedo ao fim de semana uma coluna espalhando música brasileira- não a de qualidade - acordando-me mal humorado, depois passa e não tem a ver com brasileiros (claro), mas com aqueles....Um abraço porque eu também continuo a acreditar na humanidade.

Rosamaria disse...

agora entendi teu humor de ontem!

no lado da minha casa foi feita uma reforma que durou 3 meses, as batidas eram na parede da minha cama. imagina!

agora é na casa do outro lado.

estavas com toda razão, Xon!

Clélia Riquino disse...

Moramos num "bolsão de segurança", em Valinhos, interior de São Paulo (pertinho de Campinas). O que mais se ouve, por aqui, além dos passarinhos, logo cedo, e os cachorros, conforme os donos vão saindo de casa ou pedestres passam em frente aos portões, é o barulho das máquinas de cortar grama... Terraplanaram o terreno de esquina, ao lado, semana retrasada. Espero que isso não seja prenúncio de construção! Senão estamos f...!

Laura disse...

Ah, na minha primeira semana na "capitar" - eu acostumada a doce paz do interior, só com passarinhos e algumas buzinas de carros - me deparo com uma reforma no apartamente ao lado! Como eu ainda não tinha cama, dormia num sofazinho, na sala - coladinha ao barulho do martelo do tio que desfigurava a parede do apto vizinho...

Boa forma de começar a nova vida!
Huiahaiauh

Graziana disse...

bom, tem uma veterinária ao lado da minha casa e noite passada um cachorrinho querido latiu sem parar e pelo visto esta noite será a mesma coisa!

uma delícia!

Vivien disse...

Minha casa fica em um condomínio hiper, super silencioso.
A não ser...pelos gatos que vem concorrer pela atenção da minha gatinha - linda - e ficam berrando madrugada a dentro.
Ai eu saio, carregando uma vassoura, de camisola, parecendo a "louca dos gatos", pra espantar os garanhões-bichanos.
Que estão lá pra ver quem fica com a minha gatinha....sortuda, sortuda...rs

Lu disse...

Ainda bem que não é sempre... pior é a cadela da minha vizinha (cadela=cão, e não a vizinha...hehehe) que late até pro vento. Eu que sou tri preguiçosa e gosto de dormir até tarde no findi, já viu né...dá vontade de matar a dita.

david santos disse...

Olá!
Bom trabalho. Parabéns.
Bom fim-de-semana

Adriana disse...

Sean, de verdade so rindo...isso nao e motivo para acabar com a crença da humanidade..
Como promessa e divida ja tenho fotos de La Coruña no meu blog.

Beijinhos carinhosos do outro lado do oceano

clarice disse...

Sean,
Ao lado do meu edifício estão construindo um "centro cultural" destes que tem bingo, casa de shows, etc...A alvorada festiva tem começado as 7 horas com batidas de estacas para as fundações e assim vai até as 18 horas.estou enlouquecida!!!!
PS: este "empreendimento imobiliário" pertence a dois ilustres políticos.

marcia disse...

e a cortininha, era de cetim? de seda? de renda?

Zeca La-Rocca disse...

humpf! num domingo, as 7 da manhã,(pode?) em um terreno ao lado uma retroescavadeira se preparava p fazer as escavações p uma construção... em 15 minutos a policia estava lá, q eu chamei, claro!

não dormi mais, mas ele tbm não trabalhou mais...

firvidas disse...

Ri-me tanto. O que só confirma o ditado "Misery loves company".
Nos ultimos dois dias a neve começou a derreter tremendamente; o vento já começa a cheirar à primavera, mas depois de ter lido tudo isto, quero que volte a neve e o silêncio.

Raimundo Pajeu disse...

Ê cabra chato! O Professor sabe que o mundo não progride e a humanidade não evolui sem barulho.
-
Nem a marcha do progresso pode ficar esperando o senhor decidir a hora de acordar.
-
:-)

ederson disse...

me sinto assim toda vez que toca o telefone logo cedo. meu coração acelera e eu acho que vou ter um infarto. quase sempre é engano, alguém procurando a Elizabeth, ou a Dona Fernanda. Não atendo mais, fico com taquicardia mas não saio da cama.

david santos disse...

Olá!
Venho felicitar-te pelas francas palavras que deixas-te no SÓ VERDADES e desejar-te um bom fim-de-semana.

Maitê disse...

É verdade, Xôn, ele fizeram coisas inacreditáveis com a série. Reza lenda que nem exibiram até o final, mas eu não confirmo, pois eu me lembro bem do dia da revelação, da prima da Laura descobrindo que era o pai dela.
Abs

fernanda disse...

não arranha azulejo tchê, estraga as unhas. veja pelo lado bom, além de acreditares na humanidade, eles te acordam às 6h50 da matina, aqui no prédio a coisa mais decadente, esses dias acordei assustada, 3h15 da madrugada, com estouros e um grito horripilante "na bunda não", por duas vezes... trash, mas ainda bem que não era comigo ahahahaha


um beijo de um limão azedo!

lila disse...

bem vindo ao mundo do pique foda-se. modalidade própria de adultos que pode ser usada em qualquer, eu disse QUALQUER, situação.

A tua, exemplificando, seria: você tá dormindo: FODAAAAAA-SE e dana a fazer barulho.

saLLdözö pique-bandera.

Chawca disse...

O pior de tudo é o cara achar que o fato dele ter vindo de longe justifica tudo...

Foda-se, o barulho é o mesmo e incomoda do mesmo jeito,,,

Nessas horas eu sou meio vingativo.. Chumbo trocado nao doi...