03 abril 2007

Além ver

Clique na figura para abrir em tamanho maior

Os anos 90 tiveram sua dose de esquisitice, e a mania dos estereogramas – imagens em 3D escondidas em figuras planas – foi uma delas. Pagava-se uma fortuna por um livro fininho em formato álbum, importado, sucesso garantido em festas de aniversário. Saía todo mundo no tapa pra tentar pegar o livro, e quem via a primeira imagem ganhava o respeito de todos. Mas sempre ficava um "ceguinho" chorando no canto, enquanto a massa exclamava ‘Óhs’ de admiração com a figura formada.

Como toda moda, passou. Assim como passou o meu treinamento pra enxergar essas imagens. Perdi um bom tempo tentando reaprender a olhar o que não é óbvio. Vesgo, visão cruzada, quando uma imagem inusitada começava a aparecer, o foco voltava e a velha percepção tomava conta. A duras penas consegui ver além do que está na tela, e uma a uma as imagens foram se formando.

Mas confesso que a minha tendência é formar figuras côncavas, quando a maior riqueza está nas convexas – deficiência de leitura de um cérebro levemente tosco. Olhar diferente é um treinamento constante, precisa de vontade e disposição. E, sobretudo, mente aberta .

Descobri que a Marcia fez um pequeno e contundente - como sempre - ensaio sobre um assunto muito próximo a esse. Vale a pena dar uma espiada.

25 comentários:

Clélia Riquino disse...

Caro Sean,

Ganhei, do meu sobrinho americano, Nathan, qdo veio ao Brasil (em 1994), um destes livros (enorme!) "Magic Eye". Era divertido tentar enxergar as figuras tridimensionais de cada página... Agora, como você, mesmo tirando meus óculos de leitura (o que torna minha visão desfocada), não consegui ver nada na primeira ilustração do post (as demais não baixaram). Preciso reaprender a olhar sem foco!

Graziana disse...

puxa,não coneguir ver nada também...
:P

Arnaldo disse...

Lembro-me que quando o sobrinho da Clélia trouxe o livro dos Estados Unidos, isso fez o maior sucesso, apesar de a maioria não conseguir ver nada. Aos poucos, a maioria foi aprendendo a ver, mas alguns não conseguiram ver até hoje. E é assim mesmo, com tudo na vida. Tem gente que demora pra perceber as coisas, a maioria. E tem algumas pessoas que não conseguem ver nada. Nunca.

marcia disse...

eu vejo tudo, sempre. mesmo quando não tem nada lá. chapação total.

Maitê disse...

Xôn, eu tinha os três livros do Olho Mágico. O roxo, o vermelho e o verde. Abs

Ana disse...

Xôn!
Comprei todos os livros desses que pude encontrar para "meus filhos"! Heheheheh!
Tá bom! Confesso! Adoro esta mágica que acontece quando aprendemos a olhar estes desenhos! É realmente uma sensação indescrítivel ver as imagens se movimentando, ganhando profundidade e forma!
Li, sobre isto, recentemente, no blog da Viki:
http://vikitorre.blogspot.com/2007/03/blog-post_20.html
Adorei voltar a brincar de 3D!

Vivien disse...

Alguém me ensinou uma técnica de "zarolhar" pra poder ver. Funcionava e eu adorava. Meio viagem de ácido pra caretas como eu....;0)

Chawca disse...

Uma vez apareceram com um livro desses na classe, quando eu estudava... Todo mundo via e eu nada, então eu falei que estava vendo só pra nao ficar pro baixo....

clarice disse...

Lindo os golfinhos, o coração e as figuras geométricas.
É fixar o olho em um ponto, encostando o nariz na tela e sem desviar o olhar, afastar o rosto.

claudia lyra disse...

Rapaz, que eu a-d-o-r-a-v-a esses livros!

Daniela disse...

Eu sempre tive dificuldade de enxergar alguma coisa nessas figuras, mas fazendo um esforço de concentração e desfocamento acabava vendo. Agora não vou nem tentar, vai que bate um vento e eu fico vesguinha...

Engraçado foi uma exposição dessas figuras lá no Praia de Belas, de repente alguém gritava: eu vi, eu vi... Parecia que estava vendo assombração.

lulu disse...

nunca consegui ver nada de porra nenhuma nesses negócios. Como pode-se talvez perceber, criou uma certa mágoa, parece que o mundo dividia-se entre os que viam e os que não viam. e eu estava no grupo errado...

ai, ai...

firvidas disse...

Sempre gostei destes desenhos. Actualmente, já em criança, passava horas a criar imagens nas nuvens.

Maitê disse...

Xôn, vou concordar contigo. POdia ser pior. Ele poderia ser desdentado e ter alergia a dentadura... Esse cabelinho dele tá rídiculo.

ToDDy disse...

esses estereogramas que vc pegou estão bem legais.quem será que inventou essa coisa maluca?

Luci Lacey disse...

Oi Sean

Boa tarde

Tinha uns postais com estas figuras, fazia um sucesso na minha sala rsss

Engracado o seu perfil, sincero acima de tudo neh? rsss

Beijinhos

fernanda disse...

ai xõn, tu é sempre um amor né, minha cabeça vai começar a rolar daqui a pouco, acho que não enrosquei direito não, faltam alguns parafusos, e acho que eles estão em falta no mercado, e eles são dois, um é o emprego e o outro é o namorado, parafusos que nem o tio da ferragem conhece, de tão raros... e a cabeça vai ficando confusa, tão confusa quanto as imagens de 1990, que sempre me pareceram mais com a tela fora do ar da TV em dia de tempestade, não vejo nada!!

Zeca La-Rocca disse...

é para brincar de vesguinho!
hehehe

ferdibrand disse...

Temos um livro desses em casa... A maior parte eu conseguia ver, mas às vezes não dava jeito. Mas, até chegar lá, que luta!

Adriana disse...

Sean, nunca consegui ver nada nestas figuras...me sentia frustrada...mas resolvi assimilar que nao era tao mal assim nao ver...
Um beijo carinhoso do outro lado do oceano

P.S.:Postei mais fotos de La Coruña e Santiago de Compostela

Raimundo Pajeu disse...

Sou do time dos "ceguinhos" que choravam num canto, desiludido. E com dor de cabeça pelo esforço.
Nunca consegui ver imagem nenhuma nesses livros.

Camu disse...

É... a primeira imagem ... vejo em 3D... mas não sei dizer o que estou vendo! O coração OK e a outra que tem um quadrado, um círculo e tal tb vejo bem!
E que saudade de ficar vesguinha pra ver essas imagens!!! Bons tempos!
Bj

Márcio Vinícius Pinheiro disse...

Eu fiquei tão vidrado nesse negócio de estereograma que aprendi a fazer os meus próprios... Depois fui além e passei a fazer com imagens reais (fotos)... Muito doido, dá uma olhada:
Hall da Reitoria
Ilha da Fundão
(tem que clicar na imagem pra ver maior)
...
Agora me deu vontade de fazer mais...

Anônimo disse...

Gostei do coração e das outras figuras ; por favor se possivel de indicações de sites que possa encontrar outras ou poste .
Meu concursogata10@hotmail.com

Anônimo disse...

DEVIA COLOCAR MAIS EU JA TENHO COSTUME DE VER, EM MUITOS EU NEM PRECISO ENCOSTAR NA TELA É SO FIXAR EM UM POTO CENTRAL DO DESENHO E QUANDO COMEÇAR A EMBAÇAR A VISTA VC VÊ A IMAGEM, EU TINHA UM LIVRO QUE COMPREI NA "SODILER" NO CONJUNTO NACIONAL "shopping" EM BRASILIA